Your SEO optimized title

Como mudar seu astral pra valer, e não só por um momento

Home  /  Blog  /  Como mudar seu astral pra valer, e não só por um momento

Em Fevereiro 2, 2018, Postado por , Em Blog, Com Nenhum comentário

Este artigo já foi lido 20 vezes!

Se Você está passando por alguma situação que considera difícil e desafiante e quer encontrar resposta do tipo: Por que isso está acontecendo comigo?! Por que as coisas estão acontecendo dessa forma? Por que está difícil ou por que está está dando errado?

Esse texto é pra você!

Eu sei dessa regra que vou te falar agora, mas confesso que mesmo a conhecendo as vezes caio nessa armadilha e fiquei pensando que talvez isso possa acontecer com você também!

É o seguinte, tem uma pergunta bem polêmica que eu faço no início do Power Self, que é o Treinamento de Inteligência Emocional de 1 dia (vai acontecer 03/03/18), que é a seguinte: Quando estamos tristes, chateados, frustrados, nos sentindo sem força ou enfraquecidos, devemos buscar a resposta sobre o porque de estarmos assim?! Devemos entender porque estamos com “baixo astral”?

Essa pergunta é polêmica porque a grande maioria das pessoas presentes, geralmente, respondem: sim a essa pergunta!!

É aqui que está a armadilha!! A melhor resposta é: Não!!!

Existe uma diferença entre entender o que você está sentindo (uma coisa), e buscar os motivos que te levaram a se sentir dessa forma (outra coisa).

Entender o que estamos sentindo, no sentindo de identificar nosso estado de humor, nosso estado de espírito, nomeando as emoções é fundamental para nossa saúde emocional.

Geralmente, a nossa “cura” parte daqui: identificar, nomear exatamente o que estamos sentindo.

Mas, não fazemos isso… na maioria das vezes, em situações assim, nosso piloto automático é acionado e ficamos com um disco rodando dentro da gente querendo entender.

É o seguinte… tem coisas na vida que não tem explicação, ou que pelo menos não sabemos a explicação. Pensa bem, se não é assim.

A grande questão aqui é a seguinte: o principal objetivo, é nos sentirmos bem novamente, é conseguirmos mudar a energia e o fluxo de emoções de negativas para positivas.

Enquanto você fica buscando respostas de porque está assim, o tempo está passando,… e você está… na mesma!

Recentemente, me vi em um período assim… sentia que a minha energia estava em baixa… e estava tentando entender porque isso as vezes acontece comigo, porque os períodos de baixa chegam e eu fico algum tempo patinando neles,… ao mesmo tempo em que ficava com raiva de estar assim, ao mesmo tempo que ficava internamente lamentando que não queria estar assim, ao mesmo tempo que queria adiantar o relógio para que as coisas ficassem bem logo.

E quando eu consegui de fato superar toda essa inquietação?!

É importante dizer o seguinte: tinha tempos que não acontecia essa baixa da forma como estava me sentindo. No passado, me sentir assim era comum e durante algumas fases, era a maior parte do tempo. Atualmente, parecia que fazia séculos que não me sentia assim.

E quando passou, atente: quando passou! Eu entendi, perfeitamente porque isso tinha acontecido.

Como passou? E como você vai fazer pra passar, e eu vou me lembrar desse passo a passo da próxima vez! 🙂

Eu identifiquei o que eu estava sentindo… Identifiquei todo o conjunto de emoções que estavam acontecendo: confusão, frustração, medo, … fui isolando uma a uma.
Em seguida, aceitei, me sentir dessa forma! Acolhi os sentimentos. Tudo bem!
Parei de buscar repostar, tentar entender, tentar explicar. Simplesmente me entreguei ao fluxo da aceitação. Do… não preciso entender. Não é isso que está em jogo, não é isso que vai me ajudar a sair dessa.
E fiz a pergunta mágica: Como quero me sentir?! A resposta veio rápido! Feliz e produtiva. A pergunta seguinte foi: O que eu faço que fico assim? A resposta também veio rápido! Pronto! Era, agora só uma questão de ação!
Agi e… pronto! Novas emoções. (As emoções vão melhorando ao longo do processo! Aqui é só a cereja do bolo)

A solução de todas as nossas aflições, tristezas e angustia está em um quarteto:

Aceitação, Silêncio, Pergunta correta e Ação!

Nesse caso, qual a pergunta correta? Ou melhor: qual o conjunto de perguntas corretas:

Breve resumo delas aqui:
O que estou sentindo?
Aceito isso? (Só tem uma resposta aqui: sim! E precisa ser verdadeira e de dentro)
Como quero me sentir?
O que eu faço que me sinto dessa forma?
Luz, Camera, Ação!

Tudo em nossa vida gira em torno de algo muito simples: nossas emoções!!

Não é sobre o emprego, a carreira, a empresa, a casa, o celular, o carro… é sobre como queremos nos sentir e o que acreditamos que isso traz pra nossa vida e nos faz sentir.

“Quanto mais eu me conheço, mais eu me curo e me potencializo.” JRM

Bora transformar!!

Bora entrar em ação!!

Ps. 1: (O próximo texto é como agir, como não ficar paralisado, como superar o medo. É muito mais simples do que você pensa).

Ps. 2: Ah, e a resposta que veio (depois que eu já estava bem, claro!) de porque eu estava daquela forma: para que eu pudesse mapear claramente e detalhadamente todo esse processo, pra ajudar você, e a mim, quando acontecer novamente! Sem contar que eu acessei um estado de amorosidade, por mim, por você por nós que está sensacional!!

Ps. 3: Quer participar do PowerSelf dia 03/03/18: Mais informações aqui: http://lp.inessafranco.com.br/power-self-2018/

Por favor, releia e aplique esse texto! Não deixe que seja só mais alguma coisa que você conhece, mas não aplica. Você merece ser feliz! Você merece conseguir!

Seja o primeiro a comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *