Dia das MÃES

Home  /  Diversos  /  Dia das MÃES

Em Maio 8, 2016, Postado por , Em Diversos, Relacionamento, Por , , , Com Nenhum comentário

Este artigo já foi lido 519 vezes!

Ser mãe foi o segundo maior presente que eu pude receber na vida!

Em primeiro lugar foi a descoberta de um amor sem limite que eu nem sonhava que existia, e que nem na minha parte mais criativa eu consegui imaginar ou sentir o que de fato esse amor significava.
A maternidade é maravilhosa porque além de trazer esse novo amor, ela desperta um mundo novo, despertou em mim uma nova mulher. Trouxe uma realidade totalmente diferente da que eu estava acostumada, uma responsabilidade que eu também não imaginava que existia.
Através da maternidade pude descobrir a minha força, o meu verdadeiro tamanho, a minha coragem, a minha garra, determina, foco, ousadia,… Dizem que o dinheiro não transforma você, ele só potencializa o que você é. Acredito nisso. No caso do dinheiro, é o caminho que se percorre pra conquista-lo que transforma você.
Já no caso da maternidade algo mágico acontece e você se transforma instantaneamente e ela te proporciona uma oportunidade maravilhosa de ser uma pessoa melhor a cada dia, estimulando você, incentivando, provocando, testando e muitas vezes exigindo mesmo. Ou você melhora e muda e cresce ou seu filho, você e sua família vão pagar um preço alto.
Zona de conforto não existe na maternidade.
Através dela pude entender a minha mãe, tantas vezes incompreendida por mim, criticado e julgada por mim. Aí, mãe… Desculpa por isso… Tenho certeza hoje do seu amor, do seu empenho, das suas alegrias e tristezas por mim e também sei, sei que além de mãe, você é mulher, é um ser humano como outro qualquer, lidando com suas questões, seus fantasmas, suas dores e dificuldades e ainda tendo que dar conta de nós – com os recursos do momento. Eu te entendo, conheci essa dificuldade, te admiro e te respeito pela mãe que é pra gente. Eu sinto hoje que você faz o seu melhor sempre pra gente, me perdoe por ter sido tão dura e exigente tantas vezes…
Através da maternidade, do meu filho, Pietro, descobri que mãe não é sempre mulher maravilha, ao contrário, quanto ainda posso ser muito melhor.
Pietro obrigada pelo seu amor ainda de criança, esse coraçãozinho aberto e disposto, sem julgamento e mostrando pra mim de que tudo o que você precisa pra ser feliz é o meu amor e a minha presença.
Mamãe vai estar sempre presente pra você, capaz de produzir o impossível pra você e por você. Foi isso que aprendi com você, filho – você me capacitou mais do que qualquer escola – o amor é a força que une, transforma, desenvolve, cria, eleva, produz, linka, constrói.
Obrigada Deus por esse presente maravilhoso! Eu lembro que quando Pietro nasceu eu passava o dia todo em estado de graça, agradecendo tamanha dádiva.
Não, definitivamente não existe presente maior – aliás, sim, existe – o maior e melhor e mais brilhante e incrível presente que já ganhei na vida foi o Pietro, em segundo lugar o que ele trouxe junto com ele – a maternidade.
Se você é mãe acho que você entende o que estou falando e sentindo, te desejo um maravilhoso dia. Comemore, sinta, vibre pela mãe que tem ou teve e pela mãe que você é.
E … Se você não é mãe, seja por escolha, pela dúvida ou porque seu momento ainda não chegou… Tudo bem, não se sinta pressionada, a maternidade não é pra todo mundo – é tudo bem!!!! – se permita decidir por você, pelo seu coração, não pela pressão social, e fique tranquila, se é isso que você quer seu dia e seu momento vão chegar de uma forma ou de outra.

Bora transformar!
Com amor, Inessa

Seja o primeiro a comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *